Morgan Freeman denuncia imitações de sua voz geradas por IA

Em publicação no X, o ator agradece aos fãs pelo aviso e destaca a importância da proteção de identidade nos dias atuais. O caso ocorreu 1 mês após processo de Scarlett Johansson contra OpenAI.


Nesta sexta-feira (28), o ator premiado com o Oscar e famoso por seu trabalho de dublagem, Morgan Freeman, usou suas redes sociais para agradecer aos fãs que o alertaram sobre imitações de sua voz feitas por inteligência artificial. O astro é a mais recente celebridade a comentar sobre tentativas de replicar vozes de famosos usando IA.

Aviso dos Fãs e Agradecimento do Ator

Em publicação no X (antigo Twitter), o atro escreveu: “Obrigado aos meus incríveis fãs pela vigilância e apoio em denunciar o uso não autorizado de uma voz de IA imitando a minha. Sua dedicação ajuda a manter a autenticidade e a integridade em primeiro lugar. Grato.” As hashtags colocadas na postagem incluíam “golpe” e “Proteção de Identidade”.


Publicação de Morgan Freeman em seu perfil oficial do X (Reprodução/X/@morgan_freeman)

Segundo a mídia, uma usuária do TikTok, que se identificou como sobrinha de Morgan, postou vídeos na plataforma que supostamente apresentam um narração com o que seria a voz do ator gerada por IA. Freeman possui uma voz inigualável na indústria cinematográfica, e é conhecido por inúmeros trabalhos de dublagem como a narração do filme “March of the Penguins” e da série “Life on Our Planet” da Netflix, além de ser a voz da CBS News.

Caso de Scarlett Johansson

A postagem de Freeman ocorreu após Scarlett Johansson ameaçar a OpenAI com uma ação legal no mês passado por supostamente copiar e imitar sua voz após ela recusar licenciá-la para a empresa. Johansson afirmou que, após negar o pedido da OpenAI para usar sua voz em um sistema de IA chamado “Sky”, a empresa, fundada por Sam Altman, imitou sua voz sem autorização.

Quando ouvi a demonstração lançada, fiquei chocada, irritada e sem acreditar que o Sr. Altman iria atrás de uma voz tão estranhamente semelhante à minha que meus amigos mais próximos e os meios de comunicação não perceberiam a diferença“, declarou Johansson na época.

Esses incidentes destacam as crescentes preocupações sobre o uso não autorizado de Inteligência Artificial para replicar vozes de celebridades. Enquanto as tecnologias de IA avançam rapidamente, questões sobre direitos de propriedade e autenticidade tornam-se cada vez mais urgentes.

A vigilância dos fãs e a ação legal das celebridades são passos cruciais para proteger a integridade das vozes e carreiras dos artistas, sinalizando a necessidade de regulamentações mais rígidas e conscientização pública sobre o uso ético das tecnologias.

Foto Destaque: Morgan Freeman na “Line Of Fire” Premiere (Reprodução/Francois G. Durand/WireImage/Getty Images Embed)

Share this content:

Publicar comentário