Paramount Global é vendida para Skydance Media por US$ 8 bilhões

A venda marca um nova era no entretenimento. Em entrevista, Shari Redstone declara: “queremos fortalecer a Paramount para o futuro”.


Nesta domingo (7), a Paramount Global foi vendida para a Skydance Media pelo valor de US$ 8 bilhões, unindo a empresa de David Ellison ao antigo estúdio de Hollywood após a aquisição da National Amusements Inc., controlada pela acionista Shari Redstone, anunciaram as empresas.

O acordo de duas etapas, que levou meses de negociações, marca o fim da propriedade da família Redstone no histórico conglomerado de entretenimento. Esse conglomerado inclui a Paramount Studios, Paramount+, CBS, MTV, Nickelodeon e Pluto.

Motivações para a Venda

Em entrevista, ao ser questionado sobre suas motivações, Shari Redstone declarou: “Dadas as mudanças na indústria, queremos fortalecer a Paramount para o futuro, garantindo que o conteúdo continue sendo rei. Nossa esperança é que a transação com a Skydance permita o sucesso contínuo da Paramount nesse ambiente em rápida mudança.”

O acordo, apoiado pela RedBird Capital e pela família Ellison, oferece um total de US$ 8 bilhões em dinheiro e ações. Isso inclui US$ 2,4 bilhões para a National Amusements Inc. (NAI), US$ 4,5 bilhões para acionistas não pertencentes à NAI na Paramount e US$ 1,5 bilhão em novo capital para ajudar a pagar dívidas e recapitalizar a empresa.

Ellison será nomeado Chairman e CEO, enquanto o ex-CEO da NBCUniversal, Jeff Shell, será Presidente. O acordo deve ser concluído no primeiro semestre de 2025.

Condições do Acordo

De acordo com o jornal The Wrap, os principais pontos do acordo são os seguintes:

  • A Skydance está avaliada em US$ 4,75 bilhões; os acionistas da Skydance receberão 317 milhões de ações Classe B avaliadas em US$ 15 por ação.
  • Após a conclusão da transação, o Skydance Investor Group deterá 100% das novas ações Classe A da Paramount e 69% das ações Classe B em circulação, aproximadamente 70% das ações pro forma em circulação.
  • Os acionistas da Paramount receberão um prêmio de 48% sobre o preço das ações Classe B em 1º de julho de 2024, enquanto as ações Classe A receberão um prêmio de 28%.

Em uma declaração, Ellison afirmou: “Sou incrivelmente grato a Shari Redstone e sua família por nos confiarem a oportunidade de liderar a Paramount. Estamos comprometidos em energizar o negócio e fortalecer a Paramount com tecnologia contemporânea, nova liderança e uma disciplina criativa voltada para enriquecer as gerações futuras.

Segundo os termos do acordo, a Skydance pagará à Redstone US$ 1,75 bilhão para adquirir a National Amusements, que controla 77% das ações com direito a voto Classe A da Paramount. O acordo também inclui uma provisão de 45 dias para outras ofertas, permitindo que outros licitantes apresentem propostas melhores. O acordo não estará sujeito à votação dos acionistas.

Ainda de acordo com o The Wrap, outros interessados em adquirir a Paramount incluíram Barry Diller, presidente da IAC; Steven Paul, produtor de “Baby Geniuses”; Edgar Bronfman Jr., ex-CEO do Warner Music Group; Sony Pictures Entertainment e Apollo Global Management, que fizeram uma oferta de US$ 26 bilhões em maio; e Byron Allen, fundador do Allen Media Group, que ofereceu US$ 30 bilhões, incluindo dívidas. O CEO da Warner Bros. Discovery, David Zaslav, também se reuniu com o ex-CEO da Paramount, Bob Bakish, sobre uma possível fusão em dezembro, embora essas negociações tenham sido interrompidas posteriormente.

Foto Destauqe: Paramont Studios (Reprodução/PATRICK T. FALLON/AFP/Getty Images Embed)

Share this content:

Publicar comentário