Turismo de estrangeiros aumenta no Brasil

O aumento do turismo no país acrescentou R$ 17,6 bilhões na economia brasileira. De acordo com a EMBRATUR, o destino preferido é Bahia.


De acordo com a EMBRATUR (Instituto Brasileiro de Turismo), entre janeiro e maio de 2024, os turistas internacionais deixaram US$ 3,2 bilhões na economia brasileira, o que equivale a R$ 17,6 bilhões na cotação atual. Esse valor representa um aumento de 18,5% em relação aos primeiros cinco meses do ano passado, quando os visitantes estrangeiros gastaram pouco mais de US$ 2,7 bilhões. O montante também supera o registrado no mesmo período de 2019, antes da pandemia de COVID-19, quando o total foi semelhante ao de 2023.

Valores Históricos

O crescimento acompanha a tendência observada em abril, quando as entradas de divisas internacionais no turismo no primeiro quadrimestre bateram todos os recordes da série histórica, iniciada em 1995. Naquele período, o total foi de US$ 2,6 bilhões, em comparação com US$ 2,1 bilhões nos primeiros quatro meses de 2023.

No entanto, em maio de 2024, houve uma queda nas entradas em comparação com o mesmo mês do ano passado. Essa redução pode ser atribuída ao menor fluxo de turistas internacionais após a alta temporada e à emergência climática no Rio Grande do Sul e Santa Catarina, onde diversas cidades foram afetadas por fortes chuvas e enchentes. O Aeroporto Internacional Salgado Filho, em Porto Alegre, permanece fechado desde o início de maio.

Em maio de 2024, o registro de entrada de divisas foi de US$ 523 milhões, uma queda de 7,76% em relação aos US$ 567 milhões do mesmo mês no ano anterior.

Reflexo no Rio Grande do Sul

Diante dessa situação, o presidente da Embratur, Marcelo Freixo, participou de uma reunião extraordinária com o Conselho Nacional de Turismo (CNT) para discutir medidas de socorro ao Rio Grande do Sul, ainda afetado pelas enchentes. Uma das decisões foi a criação de um comitê de crise para lidar com emergências ambientais e o adiamento da 1ª Edição do Feirão do Turismo para 24 de agosto. Freixo disponibilizou as ferramentas de monitoramento de imagem e dados da Embratur para ajudar na recuperação econômica da região.

O aumento significativo no turismo demonstra a recuperação e o fortalecimento do setor turístico brasileiro pós-pandemia. No entanto, os desafios climáticos enfrentados por estados como Rio Grande do Sul e Santa Catarina ressaltam a importância de estratégias e medidas de apoio emergenciais para garantir a continuidade desse crescimento. A atuação proativa da EMBRATUR e do Conselho Nacional de Turismo, incluindo a criação de um comitê de crise, mostra um compromisso com a sustentabilidade e a recuperação econômica das regiões afetadas, garantindo que o turismo continue sendo um apoio vital para a economia brasileira.

Foto Destaque: Porto da Barra, Salvador, Bahia (Reprodução/Gonzalo Azumendi/Getty Images Embed)

Share this content:

Publicar comentário